Ministério da Justiça e Segurança Pública notifica app de delivery por possível vazamento de dados

A empresa Ifood tem 10 dias para responder questionamentos feitos pela Secretaria Nacional do Consumidor



O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), notificou o Ifood para esclarecer possível vazamento de dados pessoais dos usuários do aplicativo de delivery.

Esta semana, conforme comunicado pela própria empresa e identificado pelos usuários, estabelecimentos tiveram seus cadastros alterados — exibindo outros nomes nas buscas. De acordo com o próprio Ifood, o ato teve possível envolvimento de funcionário de uma empresa prestadora de serviço com permissão para acessar e alterar informações cadastrais.

Agora, a empresa terá que responder se houve vazamento dos dados dos clientes, qual a empresa prestadora eles estão se referindo, se realmente foi um funcionário ou ataque cibernético e quantas informações ficam disponíveis a empresas terceiras, entre outras questões.

A notificação foi enviada na última quinta-feira (4) e a empresa tem 10 dias para responder aos questionamentos a partir do recebimento.





Posts Em Destaque